top of page

Cinema do IMS Paulista exibe mostra Seis vezes mulher,sessões em homenagem a Gal Costa e W. Friedkin

Em cartaz de 13 a 23/9, Seis Vezes Mulher traz documentários dirigidos por cineastas brasileiras como Inês Castilho e Eunice Gutman. A programação de setembro inclui ainda exibições dos filmes Os Doces Bárbaros, de Jom Tob Azulay, em homenagem à cantora Gal Costa, e Viver e morrer em Los Angeles, dirigido pelo cineasta William Friedkin, além de obras do diretor indiano Ruchir Joshi.


Imagem de divulgação do filme "Mulheres: uma outra história".
Imagem de divulgação do filme "Mulheres: uma outra história".

De 13 a 23 de setembro, o Cinema do IMS Paulista apresenta a mostra Seis Vezes Mulher, composta por uma seleção de documentários dirigidos por cineastas brasileiras, como Eunice Gutman e Katia Mesel, sobretudo entre os anos 1970 e 1980. Os filmes abordam as disputas em torno dos papéis reservados às mulheres, além de tensionar a linguagem do documentário. Neste mês, a programação inclui ainda três longas-metragens do diretor indiano Ruchir Joshi, todos inéditos no Brasil. Também serão exibidos os filmes Os Doces Bárbaros, de Jom Tob Azulay, e Viver e morrer em Los Angeles, em homenagem, respectivamente, à cantora Gal Costa (1945-2022) e ao cineasta americano William Friedkin (1935-2023).

Concebido por Another Gaze e Cinelimite e realizado em parceria com o IMS, o programa Seis vezes mulher tem curadoria da pesquisadora Hanna Esperança e de William Plotnick. A seleção apresenta trabalhos das cineastas Inês Castilho, Helena Solberg, Regina Chamlian, Maria Inês Villares, Letícia Parente, Eunice Gutman e Katia Mesel, alguns deles em digitalizações recentes em 2k e 4K, viabilizadas pelo projeto Iniciativa de Digitalização de Filmes Brasileiros.

Os filmes selecionados abordam questões como o lugar da mulher na sociedade durante a ditadura militar, liberdade sexual, desigualdades entre mulheres de diferentes classes sociais, saúde mental, vozes femininas silenciadas e o cinema como ferramenta de reivindicação política e estética. Hoje (13/9), após a exibição dos filmes Mulheres: uma outra história e Sulanca, haverá um debate com Eunice Gutman, Katia Mesel e Lorenna Montenegro. No dia 14, será exibido uma sessão de curtas, seguida de debate com a curadora Hanna Esperança, as pesquisadoras Mariana Queen Nwabasili e Patricia Mourão e as cineastas Inês Castilho e Eunice Gutman.

Outro destaque é a nova edição da Sessão Mutual Films, evento realizado a cada dois meses no IMS, com idealização e curadoria de Aaron Cutler e Mariana Shellard. Neste mês, o foco será a obra do diretor, escritor e fotógrafo indiano Ruchir Joshi. Entre 20 e 21 de setembro, serão exibidos três filmes de Joshi, todos inéditos no Brasil, em cópias restauradas: Egaro Mile (Onze milhas), seu único longa-metragem, que apresenta a tradição milenar dos Bauls, artistas itinerantes que contam histórias, e os filmes Memórias da cidade do leite e Contos do planeta Kolkata, relatos da vida em cidades indianas. Junto a estes dois últimos, será projetado o curta-metragem Chegada, de Mani Kaul, pioneiro no movimento do Cinema Paralelo indiano e forte referência para Joshi.

Em celebração ao legado da cantora Gal Costa, que completaria 78 anos neste mês, o cinema exibe o documentário Os Doces Bárbaros (1976), dirigido por Jom Tob Azulay. O filme registra a turnê que Gal, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Caetano Veloso fizeram em 1976 em comemoração aos dez anos de suas carreiras. O longa-metragem será projetado nos dias 24 de setembro, em cópia digital 4k, e 27 de setembro, em película 35 mm. A proposta é oferecer ao público do IMS a oportunidade de apreciar um mesmo filme em boas cópias em formatos diferentes, digital e analógico.

Outro homenageado será o cineasta norte-americano William Friedkin, falecido em agosto. No dia 30 de setembro, o público poderá assistir em DCP, nas telas do IMS, um de seus grandes filmes: Viver e morrer em Los Angeles (1985). O longa-metragem trata da perseguição ao falsificador de dinheiro e artista plástico Eric Masters, interpretado pelo então jovem e pouco conhecido Willem Dafoe, por um policial em busca de vingança. No filme, a trilha sonora de Wang Chung mescla-se quase que indissociavelmente às cenas de ação e perseguições de carro.

Serviço

Mostra | Seis vezes mulher

De 13 a 23 de setembro

Filmes exibidos:

Mulheres: uma outra história | Eunice Gutman | DCP

Sulanca | Katia Mesel | DCP

Preparação 1 | Letícia Parente | DCP

A entrevista | Helena Solberg | DCP

Duas vezes mulher | Eunice Gutman | DCP

Ana | Regina Chamlian | DCP

Meninas de um outro tempo | Maria Inês Villares | DCP

Histerias | Maria Inês Nunes de Castilho | DCP

Confira os dias e horários de cada filme no site.

Sessão Mutual Films | Filmes de Ruchir Joshi

20 de setembro, às 19h

21 de setembro, às 20h

Filmes exibidos:

Egaro Mile (Onze milhas) (Egaro Mile) | Ruchir Joshi | DCP

Memórias da cidade do leite (Memories of Milk City) | Ruchir Joshi | DCP

Contos do Planeta Kolkata (Tales from Planet Kolkata) | Ruchir Joshi | DCP

Chegada (Arrival) | Mani Kaul | DCP

Confira os dias e horários de cada filme no site.

Sessão especial | Os Doces Bárbaros

24 de setembro, às 18h

27 de setembro, às 20h

Sessão especial | Viver e morrer em Los Angeles

30 de setembro, às 19h40

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Os ingressos podem ser comprados no site ingresso.com ou na bilheteria do centro cultural para filmes do mesmo dia, a partir das 12h

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424. São Paulo, SP

8 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page