top of page
  • Foto do escritorLagoaNerd/Karen

Porta dos Fundos lança reality show de oito episódios em seu canal no YouTube e redes sociais

Intitulada “Férias Coletivas”, produção se passa no escritório do Porta, no Rio de Janeiro, e estreia em 25/12


“Férias Coletivas”
“Férias Coletivas”

A nova produção do Porta dos Fundos, ''Férias Coletivas ", que simula a dinâmica de um reality show, promete mostrar ao público uma visão inédita dos bastidores do escritório do Porta. Com estreia em 25 de dezembro, o fake reality show, que se passa durante o recesso coletivo da produtora, apresentará aos fãs do Porta um novo formato de conteúdo, composto por oito episódios, cada um com duração entre 8 a 12 minutos. A série estará disponível nas redes oficiais do Porta dos Fundos.

 

O elenco de ''Férias Coletivas'' é composto por Ed Gama, Estevam Nabote, Rafael Saraiva, Fábio De Luca e Rafa Azevedo e terá participações especiais de sócios-fundadores do Porta, como Antonio Tabet e João Vicente. O primeiro episódio marca o início do reality surpresa, onde os cinco participantes celebram o Natal no escritório, com uma ceia muito farta, e, sem explicar muito as regras, um dos big bosses anuncia o início do programa.

 

Depois de muita intriga desnecessária, festa ruim, discursos de permanência, ligações no telefone fixo e provas de resistência à la Jogos Vorazes, o clímax da série leva a um grande final, onde os participantes recebem novas instruções enigmáticas de um sócio. Após uma briga que divide a empresa e leva Rafael Saraiva a uma inesperada burocracia interna, um caminho iluminado é revelado para os confinados na produtora.

 

A série faz parte da nova linha editorial do Porta dos Fundos focada em seus canais (YouTube, Instagram, Kwai, X, Tiktok e Facebook). A recente estratégia da produtora inclui a introdução de formatos inéditos, como "Porta News" e "Fala, Povo", enquanto as esquetes tradicionais serão exclusivas do Mercado Play. A mudança reflete a busca por conteúdo diversificado, marcado por experimentação e constante evolução.

 

"Estamos empolgados com a nova fase editorial que estamos vivendo, para além das produções de esquetes. Ao explorarmos novos territórios, descobrimos um Porta mais versátil e amplo do que imaginávamos, com possibilidade de criação em novos lugares, plataformas e formatos. Queremos ser mais intencionais ao comunicar as diferentes produções, mantendo a essência do nosso humor. Essa nova linha editorial também é um reflexo do dinamismo do mercado, buscando sempre inovar e surpreender o público'', afirma Thiago Lopes, CEO do Porta dos Fundos.

 

Sobre o Porta dos Fundos

Considerada como uma das maiores produtoras do país, o Porta dos Fundos (2012) foi fundado em 2012 por Antonio Tabet, Fabio Porchat, Gregório Duvivier, João Vicente de Castro e Ian SBF. Com 17 milhões de inscritos em seu canal no YouTube, o grupo já recebeu o Emmy Internacional de Comédia em 2019 pelo Especial de Natal, feito para a Netflix, e foi reconhecido pelo DataFolha como a maior referência de humor no Brasil. Veia humorística ainda é o cerne da empresa, que, além de produzir as tradicionais esquetes, também cria e desenvolve conteúdos para marcas e séries de comédia originais, reality shows, filmes, podcasts, musicais, peças, talk shows e especiais para players como Netflix, HBO, Paramount+, Pluto TV, Amazon Prime Video, Globo, Fox, Deezer, Amazon Music, entre outros. Em 2017, a Paramount adquiriu a participação majoritária no Porta dos Fundos com o objetivo de aumentar a presença internacional da marca. Atualmente, o Porta dos Fundos também está presente no México com o Backdoor, divisão internacional que tem feito o grupo ampliar sua audiência.

4 visualizações0 comentário
bottom of page