top of page
  • Foto do escritorLagoaNerd/Karen

Canal Brasil marca presença no Festival de Cannes com as coproduções "Motel Destino" e "Baby"

Nos últimos 10 anos, 10 coproduções do canal participaram do festival e cinco foram premiadas


"Motel Destino" foto divulgação
"Motel Destino" foto divulgação

O 77º Festival de Cannes começa nesta quarta, dia 15 de maio, e o Canal Brasil vai marcar presença no evento com duas coproduções: "Motel Destino", de Karim Aïnouz, e "Baby", dirigido por Marcelo Caetano. O primeiro, também coproduzido pelo Telecine e pela Globo Filmes, vai competir pelo principal prêmio do festival, a Palma de Ouro e estreia em Cannes no dia 22. "Baby", que também tem coprodução do Telecine, foi selecionado para a 63ª Semana da Crítica de Cannes e será exibido pela primeira vez no dia 21 de maio. O Canal Brasil ainda apresenta a cobertura do Festival de Cannes no Cinejornal, com reportagens da jornalista Flávia Guerra, além de disponibilizar conteúdos também nas redes sociais oficiais do canal. 


“Motel Destino” é um thriller erótico protagonizado por Iago Xavier, Nataly Rocha e Fábio Assunção e foi inteiramente filmado no Ceará, estado natal de Karim Aïnouz. O estabelecimento que dá título ao filme é o principal personagem do enredo e o local onde se entrecruzam questões crônicas da realidade brasileira. O motel é o pano de fundo da história de Heraldo (Iago Xavier), que chega em uma noite e transforma o cotidiano do local. 


Baby". Fotos: Divulgação
Baby". Fotos: Divulgação

"Baby" conta uma história de amor moderna e conturbada, uma paixão que vem de uma amizade e é difícil de ser definida. A trama acompanha Wellington (João Pedro Mariano) que, após ser liberado de um centro de detenção para jovens, se vê perdido e, em suas andanças pelo Centro de São Paulo, conhece o garoto de programa Ronaldo (Ricardo Teodoro). Os dois criam uma relação que evolui para a construção de um amor peculiar, cheio de conflitos e brigas, mas também de cuidado, cumplicidade e proteção.


O Canal Brasil já esteve presente no Festival de Cannes diversas vezes, com filmes premiados, como "Jauja", de Lisandro Alonso, em 2014, que venceu o Prêmio Fipresci na Mostra Um Certain Regard; "Cinema Novo", dirigido por Eryk Rocha, com o prêmio L'Oeil D'Or dedicado aos documentários, em 2016; "Gabriel e a Montanha", de Fellipe Barbosa, que levou os prêmios Revelação e Fundação Gan na Semana da Crítica, em 2017, e em 2019 com dois títulos premiados: "Bacurau", Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, que ganhou o Prêmio do Júri, e "A Vida Invisível", de Karim Aïnouz, vencedor da mostra Un Certain Regard.


Além dos filmes que faturaram prêmios, as coproduções do canal fizeram parte do festival em vários anos: em 2018, com "Los Silencios", de Beatriz Seigner, na Seleção Oficial da Quinzena dos Realizadores; em 2019, na Seleção Oficial com "O Traidor", dirigido por  Marco Bellocchio; em 2021 com o longa "Medusa", de Anita Rocha da Silveira, também na Seleção Oficial da Quinzena dos Realizadores, e em 2023 com "Levante", de Lillah Halla, que fez parte da 62ª Semana da Crítica do Festival de Cannes, e "Nelson Pereira dos Santos - Vida de Cinema", de Aída Marques e Ivelise Ferreira, na Mostra Cannes Classics.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page