top of page

Novo episódio de ‘Perícia Lab’, do AXN, reabre caso de escoteiro desaparecido após décadas sem repostas

Ricardo Salada e Telma Rocha reproduzem técnicas de perícia que ajudaram os policiais nas novas buscas pelo menino que sumiu no Pico dos Marins em 1985

Créditos AXN
Créditos AXN

Na natureza nada se cria ou se perde, tudo se transforma. Essa é a forma da ciência nos dizer que algo não pode desaparecer sem deixar vestígios. No novo episódio de Perícia Lab, série de true crime nacional do AXN, que vai ao ar na próxima segunda-feira (11/03), às 22h55, os peritos Ricardo Salada e Telma Rocha investigam o desaparecimento do menino Marco Aurélio que aconteceu em 1985, no pico dos Marins (SP). Após mais de 30 anos sem respostas, o caso é reaberto pela polícia, e novas evidências sugerem uma nova linha de investigação.



Marco Aurélio, na época com 15 anos, decidiu fazer uma trilha com um grupo de escoteiros. Após um dos amigos se machucar, ele se separa do grupo para buscar ajuda e some sem deixar vestígios. A polícia mobiliza uma força tarefa para achar o garoto, mas nada é encontrado e o caso foi dado como encerrado e arquivado. Novos indícios e depoimentos de testemunhas são revelados em 2021, reabrindo o caso.



No episódio, Ricardo Salada e Telma Rocha fazem um experimento com um georadar, aparelho que mapeia o subsolo e é capaz de identificar elementos enterrados. Escassa na década de 80, a tecnologia foi empregada recentemente na nova etapa da investigação. A dupla também convida um artista forense, especialista em criar retratos falados mostrando como estaria uma pessoa atualmente depois de décadas desaparecida. Marco Aurélio teria sido assassinado e enterrado na região ou estaria vivo até hoje?



Perícia Lab é uma coprodução entre a Sony Pictures Television e a Mood Hunter. A série vai ao ar toda segunda-feira, às 22h55, no AXN, e segue com o comando de André Ramiro, ator e apresentador, famoso por seu papel em “Tropa de Elite”.

41 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page