top of page
  • Foto do escritorLagoaNerd/Karen

O pensamento vivo de C. S. Lewis Novo livro explora a filosofia do autor de “As Crônicas de Narnia

O lançamento do selo Novo Céu celebra a relação entre fé e literatura do autor C. S. Lewis fazendo do livro um instrumento de reflexão sobre o sentido da vida

O pensamento vivo de C. S. Lewis
O pensamento vivo de C. S. Lewis

Muito além do fantástico mundo presente dentro de um guarda-roupas, a obra de C.S. Lewis (1898-1963) é repleta de mensagens poderosas que já influenciaram múltiplas gerações de leitores. Com a proposta de explorar a jornada do renomado escritor pelo universo da prosa, o selo Novo Céu, da editora Ediouro, traz ao Brasil o livro O pensamento vivo de C.S. Lewis. Escrito por Jerry Root, Wayne Martindale e Linda Washington, que são estudiosos e grandes conhecedores da trajetória do autor, o livro oferece uma visão profunda do legado filosófico e cristão de Lewis. É uma abordagem cativante de sua jornada espiritual e sua aposta na literatura como um espaço de reflexão.

O trio de autores analisa trechos dos escritos de Lewis e destaca o papel da fé em sua obra, além de investigar eventos que moldaram a perspectiva de mundo do escritor, em busca por um significado existencial para a arte da palavra. Histórias conhecidas, sobretudo As crônicas de Nárnia, Cartas de um diabo a seu aprendiz e A abolição do homem, entre outros textos de enorme sucesso popular, são abordados com foco nas mensagens espirituais e nos temas éticos e teológicos. Neste sentido, o livro examina a mirada singular de Lewis para o racionalismo, a moralidade e a defesa do cristianismo no contexto da cultura moderna.

Vale destacar a amizade entre Lewis e J.R.R. Tolkien (1892-1973), autor do seminal "O Senhor dos Anéis”, principal responsável pela aproximação de Lewis com os saberes espirituais da crença em Cristo. Foi um encontro que teve grande reverberação na cultura mundial. “Sendo ambos acadêmicos, as conversas entre eles eram extremamente ricas. Como resultado da influência dessa amizade e de outras experiências pessoais, incluindo seu talento crítico, Lewis abandonou o ateísmo e abraçou a fé cristã pelo viés protestante”, explica Omar Souza, editor do selo Novo Céu.

Ele conta também que a espiritualidade de Lewis se refletiu de forma considerável em toda a sua extensa bibliografia, algo que impactou o público. “Entre os leitores cristãos brasileiros, ele se tornou mais popular a partir dos anos 1970, e recentemente foi, digamos, redescoberto pelo público cristão jovem, incluindo os pentecostais”, afirma.

O pensamento vivo de C.S. Lewis garante um mergulho fascinante na vida e nas ideias de um dos maiores criadores da literatura fantástica no século XX, capturando a essência de sua alma criativa e contemplativa. Quem gosta de ler será dragado por esta viagem à mente do autor, sendo convidado a refletir sobre o legado duradouro de Lewis e pensar em como suas ideias continuam a ressoar sobre os leitores até os dias de hoje, 60 anos depois da morte de C.S. Lewis.


9 visualizações0 comentário
bottom of page