top of page

Filme conta as histórias por trás das canções dos Beatles

As histórias por trás de canções que marcaram a música mundial — como “Love Me Do”, “All My Loving”, “Something” e “Yesterday” — são o fio condutor do documentário “The Beatles: Por Trás das Letras”.


Os Beatles na icônica foto do disco “Abbey Road” (Crédito: Divulgação / Curta!)
Os Beatles na icônica foto do disco “Abbey Road” (Crédito: Divulgação / Curta!)

O filme, a ser exibido no Curta!, fala do processo de criação de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr e de como as composições do quarteto foram se desenvolvendo e se tornando cada vez mais revolucionárias. A direção é de Lucy Ciara McCutcheon. 

O documentário traz entrevistas, depoimentos — como o do próprio Paul McCartney — e imagens de arquivo. Entre as curiosidades mostradas pelo longa, há o fato de que vários sucessos foram escritos em quartos de hotel e álbuns inteiros foram compostos em ônibus de turnê. Com o tempo, a parceria Lennon e McCartney foi se tornando uma das mais aclamadas da história da música do século XX. Sobretudo nos anos iniciais, o amor era o tema mais abordado pela dupla, e essas canções causavam uma verdadeira comoção no público feminino. 

“Na música, começamos assim: todas as nossas primeiras canções são do tipo ‘obrigado, moça’, ‘de mim pra você’, ‘P.S. Eu te amo’. Era para falar para os fãs comprarem os discos. Mas depois mudamos para ‘Eleanor Rigby’ e, sempre que nos movemos, vamos mais para perto da arte”, comenta Paul McCartney. 

No final dos anos 1960, os Beatles iniciam uma mudança drástica até ser impossível voltar para o ponto de partida. Os “Garotos de Liverpool” cresceram e se antes apresentavam canções de amor em programas de auditório, nesse momento eles deixam o cabelo crescer, se inspiram no movimento hippie e buscam a espiritualidade em outras culturas; não fazem mais shows e entram em estúdio. Esse processo culmina em uma referência para o rock até hoje, o disco “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, consolidando a banda definitivamente no panteão da música internacional.

 

The Beatles: Por Trás das Letras” também está no CurtaOn - Clube de Documentários, streaming disponível no Prime Video Channels - da Amazon -, na Claro TV+ e no site oficial da plataforma. A exibição no Curta! é no dia temático “Segundas da Música”, 18 de dezembro, às 23h.

 

A epidemia de depressão é analisada por documentário

 

O documentário francês "Depressão, uma epidemia mundial?" procura responder a pergunta: como as nossas sociedades começaram a produzir depressão em larga escala? Com produção da Arte France e direção de Michèle Dominici, o filme traz depoimentos de médicos, psiquiatras e cientistas sociais e enfoca casos de depressão em seis países — Alemanha, França, Japão, Suíça, Grécia e EUA — para conseguir respostas.

 

O filme compara contextos sociais de diferentes países: enquanto, no Japão, a sobrecarga de trabalho tem sido o fator mais associado à depressão, na Grécia, o desemprego e o aumento da miséria são os maiores deflagradores da doença.

 

Um caso emblemático narrado no filme foi o de uma empresa japonesa responsabilizada judicialmente pelo suicídio de um funcionário motivado por excesso de trabalho. Os pais desse jovem trabalhador que sucumbiu à depressão estão no rol de entrevistados, que inclui o diretor do Departamento de Saúde Mental da OMS, Shekhar Saxena, o diretor da Aliança Europeia Contra a Depressão, Ulrich Hegerl, os psiquiatras Allen Frances, Jerome Wakefield e Laurence Kirmayer, o filósofo da ciência Steeves Demazeux, entre outros especialistas. A exibição é no dia temático “Quintas do Pensamento”, 21 de dezembro, às 23h.

 

Segundas da Música – 18/1223h – “The Beatles: Por Trás das Letras” (Documentário)

As canções dos Beatles nunca foram tão densas quanto as de Bob Dylan ou tão atrevidas quanto as dos Rolling Stones. No entanto, sempre se acreditou que suas canções eram carregadas de significado e sentimento. Nas dezenas de obras-primas musicais criadas pelo quarteto, um tema sempre presente em todos os álbuns e na maioria dos singles é o amor. Direção: Lucy Ciara McCutcheon. Duração: 58 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 19 de dezembro, quarta-feira, às 03h e às 17h; 20 de dezembro, sábado, às 11h; 23 de dezembro, domingo, às 16h30; 24 de dezembro, 23h.


15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page