top of page
  • Foto do escritorLagoaNerd/Karen

CRITICA | ITHAKA - A LUTA DE ASSANGE

Atualizado: 2 de out. de 2023

Filme forte, que gera muita reflexão e questionamentos gerando debates sobre liberdade de imprensa, de informação e a luta incansável de um pai para salvar o filho


Dirigido pelo inglês Ben Lawrence, o filme destaca a figura de John Shipton pai do , ativista e jornalista Julion Assange

Ithaka - A luta de Assange
Ithaka - A luta de Assange

Sinopse

A batalha pela liberdade de Julian Assange vista por uma dimensão pessoal no retrato de um pai lutando para salvar seu filho.

ITHAKA: A LUTA DE ASSANGE tem ao centro o ativista australiano Julian Assange, o preso político mais famoso da atualidade, cuja condenação nos EUA coloca em xeque a liberdade de imprensa no mundo todo. O documentário acompanha a luta de seu pai, John Shipton, na tentativa de salvar seu filho.


Nascido na Austrália, Assange fundou o Wikileaks, em 2006, que, em 2010, divulgou, entre outros, documentos secretos do Exército Americano sobre a Guerra do Afeganistão. Desde então, o ativista, preso em 2019, quando morava no Equador, após pedir asilo político no país, está na prisão de segurança máxima de Belmarsh, na Inglaterra, enquanto, até hoje, os EUA seguem em busca da extradição.

A ideia do filme partiu do meio-irmão de Julian, o produtor Gabriel Shipton, que procurou Lawrence com a proposta do filme.

“O conceito do documentário era acompanhar o pai deles pelo mundo enquanto fazia campanha pela liberdade de Julian. Gabriel visitou Julian pela primeira vez na prisão de Belmarsh em 2019 e ficou tão impressionado com a terrível condição em que Julian se encontrava que decidiu começar o processo de contar sua história como um documentário. Então, quando cheguei no filme, no final de 2020, eles já haviam começado a filmar seis meses antes.”

Ithaka - A luta de Assange

Eu gostei bastante do filme, acho que ele é um filme muito bem filmado que consegue passar a historia e mostrar os argumentos da família do Julian Assange principalmente do pai dele John Shpton e da esposa Stella Devant sobre a luta familiar para trazer ele de volta a liberdade


Ithaka é um filme que gera muita reflexão, questionamentos pra muitas coisas que acontecem. desde que foram revelados os milhares documentos pelo Wikileaks


É um filme importante para ser visto mas também é importante ressaltar que cada pessoa tem que ter a sua opinião sobre ele

Assange é posto como um anti heroi pois apesar de ativista e jornalista ainda sim suas atitudes parecem ser controversas do modo que foram feitas, porém nem podemos ter uma opinião sobre como ele de fato tem passado se não pelos olhos dos familiares mais próximos que o acompanham

No documentário também questiona será que o que ele fez foi tão errado assim? para ele estar sendo perseguido e punido dessa maneira? ou qual seria o maior crime dele? Já que ele esta em uma prisão de segurança máxima juntamente com os presos mais perigosos do reino unido e que se ele for extraditado e culpado pelos americanos ele pegará possivelmente uma pena de 175 anos de cadeia o equivalente a penas para crimes hediondos.


No filme também questiona sobre liberdade de imprensa. e que a cada dia mais, cada ano mais, principalmente nos últimos anos houve uma crescente vertiginosa em relação as fake news e muita gente que espalhou e ainda espalha fake news não acontece nada E agora em relação a pessoas revelam as verdades, com provas, são punidas.

Então é uma situação complicada, muito difícil. Eu acho que pelo olhar do pai dele, o John Shipton, foca muito na luta dele para tirar o filho da merda que ele se meteu como ele mesmo diz


John Shipton em Ithaka a luta de assange
John Shipton em Ithaka a luta de assange

Eu acho que esse filme também mostra sobre quem são as pessoas que estão do seu lado quando você está na pior no fundo do poço

Também é importante em relação a imprensa que se eles cobram tanto sobre liberdade de imprensa , entre outras coisas. Por que que a maioria deles abandonou o Assange? por que se fala tão pouco do caso dele ? sendo que foi relatado no doc e também noticiado que o wikileaks divulgou as informações com a ajuda de 5 grandes editoriais da imprensa mundialmente conhecidos

Resiliência de John Shipton impressiona

No documentário John Shipton mostra uma resiliência e uma calma diante da situação do filho impressionantes pois já são muitos anos lutando para libertar o filho e impedir que ele seja extraditado e ele se mantem sempre calmo, ponderado nas palavras nessa longa e interminável luta e esforços

Que ele e o filho nem sempre tiveram uma boa relação é perceptível porém apesar do "abandono na infância e juventude de Julian" os dois retornaram a relação ja faz um bom tempo e o que dá a entender no doc que a relação deles está mais forte apesar dos pesares.

não é um filme que tenha final pois a luta de Assange continua e pode durar muito mais tempo sendo assim indefinido para seu pai, sua família e apoiadores só resta lutar para quem sabe se tenha enfim a liberdade para Julian

Ithaka a luta de Assange é um doc que prende muito a atenção e gera muitos questionamentos e reflexão e merece muito ser visto




6 visualizações0 comentário
bottom of page